Publicidades

17/12/2017 | 19:53 | Cultura

Depois de quase três séculos, escultura de São Nicolau irá voltar para casa

Imagem do século 17 que estava em colégio de Santa Maria irá para o município de São Nicolau, nas Missões

Divulgação


Depois de quase 300 anos, uma histórica escultura de São Nicolau que estava guardada no Colégio Marista Santa Maria voltará ao seu lugar de origem. O santo missioneiro, cuja procedência foi comprovada após análise por um especialista em arte jesuítica, é um dos objetos sacros mais raros existentes no Rio Grande do Sul.  


A imagem de madeira, com quase um metro de altura, irá para a Igreja Matriz de São Nicolau, município de 5,7 mil habitantes localizado perto de São Luiz Gonzaga, na Região das Missões.  


Programação de Natal do Hospital de Caridade começa nesta quarta


De origem missioneira, a cidade foi criada pelo padre jesuíta Roque Gonzales em 1626, dentro de uma Redução na fronteira entre as terras das coroas de Portugal e Espanha. São Nicolau é banhada pelas águas do Rio Uruguai. Por décadas, foi palco de batalhas entre portugueses e espanhóis nas extensas disputas por terras nos séculos 17 e 18.


Foi durante esse período de muita turbulência que um escultor jesuíta, José Brasanelli, transformou 20 quilos de madeira bruta na imagem de São Nicolau. Com ajuda dos índios guaranis, o artista cunhou o santo que, séculos depois, veio parar em Santa Maria, possivelmente trazido por religiosos que buscavam salvar as imagens missioneiras dos ataques dos exércitos reais que acabaram por dar fim às reduções.


O santo estava exposto no Colégio Santa Maria até a metade deste ano, quando a direção da instituição pediu ajuda ao professor Édison Hüttner para identificar sua origem. Coordenador do Projeto de Arte Sacra Jesuítico-Guarani e professor da Escola de Humanidades da PUC-RS, Hüttner levou a imagem para Porto Alegre, onde chegou a realizar uma tomografia na escultura para comprovar sua origem missioneira. Depois disso, promoveu uma exposição, na PUC, para apresentar a descoberta.


PAPAI NOEL 


Ao saber da história, a prefeitura e a Paróquia de São Nicolau pediram para levar o santo para a cidade das Missões. Segundo Hüttner, a imagem será transporta com direito a cuidados especiais. Ela sairá da PUC no próximo dia 22, pela manhã, em um veículo do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), acompanhada do próprio professor, que é um dos maiores especialistas em arte sacra missioneira do Rio Grande do Sul. Viajará 560 quilômetros até a Igreja Matriz do município, onde ficará exposta aos fiéis. 


Exposições na Unifra apresentam diferentes visões de presépios


Conforme a fé católica, São Nicolau foi um religioso nascido na cidade de Patara, na Ásia Menor, provavelmente no ano 250 d.C. Como gostava de presentear as crianças, o santo de barbas deu origem à lenda de Papai Noel.

Fonte: Diário de Santa Maria

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer