Publicidades

03/01/2018 | 22:45 | Polícia | Trânsito

Família morta em acidente na BR-158 vinha do Mato Grosso para férias pelo sul do país

Destino final era a cidade de São Martinho, no Rio Grande do Sul

Família morava em Campo Novo do Parecis, no Mato Grosso (Facebook / Reprodução)


Um casal e seus dois filhos estão entre as cinco vítimas do acidente em Palmeira das Missões, no noroeste do Estado, registrado na terça-feira (2), na BR-158. O três-maiense Anderson Elias Siebert, 41 anos, a esposa Marinês Welter, 35, e o casal de filhos, Alexandre e Jéssica Welter Siebert, de sete e nove anos, respectivamente, haviam deixado Campo Novo do Parecis (MT) para visitar parentes em Planalto (PR). 


Antes de retornar à região centro-oeste do país, a família decidiu esticar a viagem até São Martinho, no Rio Grande do Sul, para rever outros familiares. Morreram a menos de 100 quilômetros do destino final na colisão do Cobalt em que viajavam com um Polo de Palmeira das Missões. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, todos no Cobalt estavam usando cinto de segurança. No Polo, não foi possível confirmar.


O amigo Márcio Canterle, 55 anos, contou que os corpos dos dois professores da rede pública municipal de ensino e dos filhos devem chegar ao Mato Grosso na quinta-feira (4) para o sepultamento.


—Os pais do Anderson estão arrasados. Ambos têm mais de 70 anos e vão enterrar o terceiro dos quatro filhos — comentou o amigo.


No Polo estavam cinco pessoas da mesma família, entre elas Sandra Mara Santos Pucks Dammer, 49 anos, que morreu no acidente. Ela deixa, além da filha Elisa Pucks Dammer, 24 anos, outros três filhos e o marido. 


— Meu tio contou que o outro carro perdeu o controle e bateu neles. Que não deu tempo de desviar — contou Elisa.  


Sandra estava sentada no banco traseiro, atrás do motorista. Viajavam com ela a filha Andreia Pucks Dammer de Lima, 29 anos, o neto Erick Dammer de Lima, oito meses, o irmão e condutor do carro, Eder Santos Pucks, 36, e a mulher dele, Simone Ritter Krauzer, 31. Todos seguem internados, sem risco de vida.  Elisa disse que a família tinha deixado Palmeira das Missões e estava indo a Seberi para fazer compras.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer