Publicidades

15/01/2018 | 11:30 | Praia Notícias | Polícia

Jornalista morre após levar choque elétrico em Santa Catarina

Vítima, identificada como Tadeu Spilere, atuava como assessor de imprensa

Jornalista teria sido atingido por choque ao tocar em microfone (Reprodução / Facebook)


O jornalista Tadeu Spilere, 33 anos, morreu na tarde de domingo (14) após sofrer um choque elétrico em Balneário Rincão, no sul de Santa Catarina. Conforme informações do Corpo de Bombeiros de Içara, que atendeu a ocorrência às 16h50min, a vítima foi eletrocutada ao tocar em um microfone. A descarga elétrica resultou em uma parada cardiorrespiratória. 


Ainda de acordo com os bombeiros, pessoas que estavam junto com Tadeu no momento do acidente relataram que, antes de tocar no microfone, ele tinha mergulhado em uma piscina. O jornalista participava de uma festa particular no momento do acidente. 


Conforme os bombeiros, quando o socorro chegou, Spilere já estava sem os sinais vitais e, apesar de todos os procedimentos de reanimação, ele não resistiu e morreu durante o transporte para o hospital.  O jornalista atualmente atuava como assessor de imprensa no município de  Nova Veneza, também no sul de Santa Catarina. 


 

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer