Publicidades

08/05/2018 | 06:13 | Educação | Três de Maio

Acadêmicas e docente de Psicologia da Setrem participam de Congresso Internacional sobre envelhecimento

Foram apresentados trabalhos acadêmicos relacionados à qualidade de vida, violência familiar e suicídio de idosos

SETREM/divulgação


As acadêmicas Bruna Dietrich Massmann e Bruna Letícia Sancandi Almeida, do curso superior em Psicologia da Setrem, acompanhadas da docente Marta Lorentz, participaram do IV Congresso Internacional de Estudos do Envelhecimento Humano, realizado entre os dias 25 e 27 de abril, em Passo Fundo. Na oportunidade, elas apresentaram quatro trabalhos acadêmicos relacionados à qualidade de vida, violência familiar e suicídio de idosos.


Em um deles, a autora Bruna Massmann apresentou um estudo comparativo entre a qualidade de vida e a cognição de idosos institucionalizados e não institucionalizados, em coautoria com Marta Lorentz. Os demais artigos abordam o suicídio na terceira idade e fazem parte do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) de Bruna Almeida, cujo título é “Aspectos Psicossociais do Suicídio em Idosos e Percepções de Sobreviventes”.


Os artigos abordam a violência nas relações familiares como fator de risco para o suicídio de idosos (autora Marta Lorentz e coautora Bruna Almeida), a relação entre transtorno mental e suicídio na velhice (autora Bruna Almeida e coautora Marta Lorentz), e fatores de risco para o suicídio de idosos (autora Bruna Almeida e coautora Marta Lorentz). De acordo com Marta, “a escolha [do tema] se deve ao alto índice de suicídios na região, pelo aumento da longevidade e porque, no caso de idosos, a literatura estima que embora os idosos tenham números de tentativas menores em relação às outras faixas etárias, as taxas de suicídio consumado são maiores”.


O Congresso foi organizado pelo Programa de Pós-Graduação em Envelhecimento Humano da Universidade de Passo Fundo (PPGEH/UPF) e objetivou estimular discussões sobre os aspectos biológicos, psicológicos, sociais e políticos referentes ao envelhecimento humano, pressupondo os desafios que esse processo coloca na agenda das políticas públicas brasileiras, e ainda uma posição permanente e autocrítica sobre a inserção multidisciplinar.

Fonte: Assessoria SETREM

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer