Publicidades

26/08/2018 | 18:16 | Esporte

Inter empata com o Palmeiras e fica a três pontos do líder

Jogo terminou sem gols, e time de Odair Hellmann foi a 42 pontos no Brasileirão

Inter e Palmeiras ficaram no empate no Beira-Rio (Jefferson Botega / Agencia RBS)


Nem mesmo o Beira-Rio repleto e o novo uniforme fizeram com que o Inter conseguisse superar o Palmeiras. A linda tarde de sol em Porto Alegre se encerrou com o empate em 0 a 0. Com o resultado, os colorados se mantiveram na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, mas viram o São Paulo abrir três pontos de frente na primeira colocação. 


Em uma tarde de homenagens a Claudiomiro — além de um minuto de silêncio, os jogadores colorados atuaram com braçadeiras pretas nos braços, em luto pelo autor do primeiro gol da história do Beira-Rio, morto nesta sexta-feira — e da estreia do terceiro uniforme do Inter, em dois tons de cinza, o Palmeiras foi quem começou o jogo dominando as ações em Porto Alegre. 


Mesmo com diversos desfalques, o time de Felipão pressionou o Inter nos minutos iniciais e não permitiu à equipe de Odair Hellmann a imposição de outras partidas. Com Jean e, depois, com Deyverson, os visitantes chegaram com perigo ao gol de Marcelo Lomba. O Inter tinha imensa dificuldade para reagir. 


Para piorar as coisas para o Inter, o meio-campo não funcionava. Tinha enorme dificuldade para sair da defesa para o ataque e, a partir dos 30 minutos, passou a ser constantemente acossado pelo adversário. O primeiro tempo correu para o fim com o Inter esboçando tímida reação. Aos 43 minutos, a melhor jogada do Inter: Nico López, em lance pessoal, bateu cruzado e Weverton defendeu com dificuldade.  


— Começamos um pouco devagar. Entramos no jogo no final. Agora é acertar a marcação — comentou Patrick, no intervalo.


No segundo tempo, com o Palmeiras vestindo branco, em vez do verde que ao lado do cinza colorado parecia quase a mesma cor, o jogo ficou mais equilibrado. Moledo, logo nos primeiros minutos, por revide em Thiago Santos, recebeu o cartão amarelo (o terceiro). 


A partir dos 15 minutos, o Inter começou a crescer. Em seguida, Odair Hellmann sacou Rossi e colocou Camilo em seu lugar. sem grande efeito. A pequena pressão colorada não teve resultado. Aos 25, Brenner foi a campo no lugar de Jonatan Alvez. Sem soluções para mudar a partida, Odair tentou a última cartada: D'Alessandro no lugar de Zeca. 


Aos 32 minutos, D'Alessandro cobrou escanteio, Cuesta desviou de cabeça, mas Weverton defendeu quase dentro do gol. O Inter se reenergizou e foi para cima do Palmeiras. Mas isso não foi o suficiente para vencer. 


O lado negativo do empate: o Inter encerra a temporada sem vencer o Palmeiras. O lado positivo: o Inter já somou um ponto a mais do que no primeiro turno. A realidade: a equipe de Odair Hellmann viu o São Paulo se distanciar por três pontos na primeira colocação do Campeonato Brasileiro. 

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer