Publicidades

28/09/2018 | 06:41 | Cultura

''The Voice Brasil'': gaúcho Léo Pain vence a edição 2018 do programa

Cantor de Alegrete se apresentou com músicas de Daniel e Roberto Carlos

Léo Pain registrou 50,01% dos votos do público - Reprodução / TV Globo


Uma estrela musical do Rio Grande do Sul conquistou o país. Nesta quinta-feira (27), o cantor Léo Pain registrou 50,01% dos votos do público e venceu o The Voice Brasil, ao superar a pernambucana Erica Natuza, a mineira Isa Guerra e o brasiliense Kevin Ndjana. Na final, o alegretense cantou a música Adoro Amar Você, de Daniel, mantendo seu repertório dedicado ao sertanejo durante todo o reality musical. Na segunda apresentação, surpreendeu com Outra Vez, de Roberto Carlos.


Com a vitória, Léo Pain leva para casa um prêmio de R$ 500 mil, um carro zero quilômetro e um contrato com a Universal Music. 


O músico, que foi integrante do time de Michel Teló, despontou como favorito durante o reality desde o início. Nas etapas anteriores, ele registrou mais de 50% de aprovação do público. Na semifinal, teve a maior aceitação entre todos os candidatos, com 85,71 pontos.


Como foi a final


O último programa da sétima temporada do reality começou com Tiago Leifert explicando que os quatro candidatos se apresentariam normalmente e a enquete de votação seria aberta na segunda rodada de shows. A primeira a subir no palco foi Erica Natuza, do time de Carlinhos Brown, com a faixa Anunciação, de Alceu Valença. Depois, veio a apresentação da voz do time de Lulu Santos, a mineira Isa Guerra, que trouxe My Life Is Going On, de Cecilia Krull, que fez sucesso com a série La Casa de Papel, da Netflix.


O finalista Kevin Ndjana, na sequência, trouxe I Got You (I Feel Good), clássico eternizado por James Brown, com direito a coreografia no palco. Antes do quarto show da noite, Teló falou que Léo Pain tem “brilho no olhar, afinadíssimo e tem muito orgulho da trajetória de crescimento no programa”. 


— Desejo toda a sorte do mundo! São 18 anos de estrada, luta e noites — finalizou o cantor de Ai Se Eu Te Pego.


Carlinhos Brown, no entanto, comparou o gaúcho ao norte-americano Elvis Presley, dizendo que os dois possuem o mesmo carisma. Assim, Léo Pain entrou no palco e cantou Adoro Amar Você, do sertanejo Daniel.  


Após o término da performance do alegretense, a votação foi oficialmente aberta no Gshow. Para dar uma pausa no ritmo, Ivete Sangalo e a banda Melim cantaram a sua faixa de parceria, Um Sinal.   


O programa, então, abriu a segunda rodada de apresentações com Erica Natuza, que performou How Deep Is Your Love, sucesso do grupo Bee Gees.


Antes da segunda apresentação de Isa Guerra, Teló foi ao palco cantar uma faixa em que misturou sucessos dos quatro técnicos: Festa, de Ivete Sangalo; Namorada, de Carlinhos Brown; Tempos Modernos, de Lulu Santos; e A Brasileira, do próprio Teló.


A seguir, foi a vez de Isa Guerra, que surpreendeu na audição seguinte: ela decidiu cantar uma música autoral, O Céu Já Escolheu. Na sequência, Lulu Santos se uniu aos produtores musicais Ruxell e Serginho Santos para apresentar a música Hoje Em Dia, composição que fez em homenagem ao namorado, em julho. 


Na penúltima apresentação da noite, Kevin Ndjana cantou Ainda Bem, que estourou nas rádios na voz de Thiaguinho. Em mais um show especial, Carlinhos Brown recebeu o rapper Rael para cantar Toda Paz. 


Para fechar as performances dos candidatos, Léo Pain surpreendeu e cantou Outra Vez, eternizada na voz de Roberto Carlos.  Na volta do intervalo, Tiago Leifert anunciou o fim das votações. 


Em apresentação especial, o The Voice trouxe as vozes que venceram edições anteriores do programa. Os dez artistas dividiram os vocais de This Is Me, que integrou o setlist do musical O Rei do Show, longa-metragem estrelado por Hugh Jackman.


Finalmente, chegou o momento mais aguardado da noite: o anúncio do vencedor. Tiago Leifert fez um discurso sobre a arte e elogiou os finalistas:   


— Léo Pain, obrigado por deixar o seu coração todas as vezes no palco, como se fosse a última. Kevin, a gente olha para você e só quer dançar. Isa, você é uma mulher hoje. Erica, você tinha escrito na testa de que era finalista desde que o Brown virou a cadeira.


Então, veio o grande anúncio: Pain faturou 50,01% dos votos e sagrou-se vencedor do reality. Para fechar com chave de ouro, reapresentou Dormi Na Praça, de Bruno e Marrone, sua primeira faixa nas audições do programa. Em meio às lágrimas, declarou-se para a mãe e puxou Laís Yasmin, semifinalista do mesmo time que ele para cantar:


—Vem cá, guria! Ajuda aí.  


A trajetória de Léo


Com 34 anos, Léo Pain nasceu em Alegrete, mas mora em Santa Maria há 13 anos. Atualmente, se dedica à carreira como cantor sertanejo com shows em todo o país, mas já conquistou mais de 40 prêmios relacionados à música nativista. No The Voice Brasil, o artista teve seu repertório voltado ao estilo favorito — passeou entre hits de Bruno e Marrone, Cristiano Araújo e Gustavo Mioto. Na fase Shows Ao Vivo, na semana passada, surpreendeu ao cantar La Barca, popular canção de bolero na voz de Luis Miguel. 


Um dos pontos fortes do gaúcho é que ele faturou mais de 50% dos votos em todas as etapas em que encarou enquetes populares. No Tira-Teima, teve 70,34%, número que saltou para 75,48% na Batalha dos Técnicos. Na fase decisiva dos Shows Ao Vivo, teve 54,05% e 53,39% na primeira e segunda noites, respectivamente. Na semifinal, seu índice de aceitação saltou para 85,71 pontos.


Nesta semana, Pain concedeu entrevista ao GaúchaZH e se dizia confiante com a vitória. 


— Eu sou muito crente em Deus e nos meus santos. Então, penso que o que vai ser, será. Está escrito já. 

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer