Publicidades

10/10/2018 | 12:21 | Polícia

Operação mira criminosos que faturavam R$ 2,5 milhões por mês com venda de cigarros clandestinos no RS

Policiais federais cumprem mandados nesta quarta-feira em 12 cidades gaúchas e uma catarinense

Na foto, depósito de cigarros em Caxias do Sul, na Serra - Polícia Federal / Divulgação


Uma operação da Polícia Federal (PF) deflagrada na manhã desta quarta-feira (10) em 12 cidades gaúchas e uma catarinense busca desarticular duas quadrilhas investigadas por comercializar irregularmente cigarros contrabandeados ou distribuídos com sonegação de tributos. 


A suspeita é de que os grupos movimentavam mais de R$ 2,5 milhões por mês com a distribuição de meio milhão de maços de cigarros na zona sul do Rio Grande do Sul.


Batizada de Operação Pancada, a ação contou com cerca de 250 policiais federais para cumprir 16 mandados de prisão e 66 de busca e apreensão. Até as 11h30min, todos os alvos haviam sido presos, além de outros dois detidos em flagrante, totalizando 18 prisões.


A maioria dos mandados, 38, tinha como destino Rio Grande, mas há outros em Pelotas, Cachoeirinha, Alvorada, Porto Alegre, Barão do Triunfo, Gravataí, Canoas, Esteio, Caxias do Sul, Agudo, Cachoeira do Sul e Maracajá (SC).


A investigação iniciou em março de 2018, quando a PF descobriu um depósito em Rio Grande com 380 mil maços de cigarros estrangeiros, avaliados em R$ 2 milhões. Na ocasião, quatro pessoas foram presas em flagrante.


A partir disso, os investigadores descobriram que criminosos distribuíam, na zona sul do Estado, cigarros contrabandeados e, também, produzidos clandestinamente no país, de marcas idênticas às paraguaias. O preço do produto falsificado, muitas vezes, era inferior ao do cigarro contrabandeado, segundo a PF.


Nome da operação


Pancada, conforme a Polícia Federal, é o nome da rua onde foi localizada, em março, a carga irregular de cigarros que deu início à investigação. O depósito fica na Rua Henrique Pancada, em Rio Grande.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer