Publicidades

11/02/2019 | 16:38 | Polícia

Caminhão atingido por helicóptero que levava Boechat é de transportadora de Caxias do Sul

Motorista João Tomankeves, 48 anos, foi atingido pelos estilhaços, mas teve apenas arranhões

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ - Band / Divulgação


O motorista do caminhão atingido pelo helicóptero em que estava Ricardo Boechat, jornalista que morreu no acidente, é de Caxias do Sul. João Tomankeves, 48 anos, é funcionário da Rápido ABC Transportes Ltda, sediada em na cidade serrana.


Tomankeves dirigia o veículo da transportadora pela Rodovia Anhanguera quando, por volta 12h desta segunda-feira, foi atingido pela aeronave na altura do km 22. O helicóptero caiu sobre a parte dianteira do caminhão-baú, quebrando o para-brisa. O motorista foi atingido pelos estilhaços, mas teve apenas arranhões. 


As informações foram repassadas pelo gerente de logística da empresa, Adriano Roberto Rech. O caminhão estava vazio no momento do acidente. Ele havia saído Caxias do Sul no sábado (9) e deixado uma carga de farinha de trigo na cidade de Diadema. Nesta segunda (11), se dirigia a cidade de Cajamar para carregar o caminhão com matéria-prima que seria distribuída no Rio Grande do Sul e Santa Catarina.


A empresa tem matriz em Caxias do Sul desde 1988 e atua no setor de transportes de cargas. A reportagem tentou contato com Tomankeves, mas ele está na delegacia de Polícia Civil prestando depoimento.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer