Publicidades

22/06/2019 | 18:07 | Esporte

Brasil goleia o Peru, confirma primeiro lugar do grupo e jogará na Arena nas quartas

Everton teve grande atuação e marcou o terceiro gol na vitória de 5 a 0

Pedro Martins / MoWA Press


O Brasil fez neste sábado (22) diante do Peru, na Arena Corinthians, a sua melhor atuação na Copa América. A Seleção Brasileira atropelou os peruanos, fez  5 a 0 e confirmou o primeiro lugar do Grupo A. Com isso, o time comandado por Tite jogará na Arena do Grêmio, na próxima quinta-feira (27), às 21h30, pelas quartas de final. O adversário será definido no complemento da última rodada da fase de grupos — poderá ser a Argentina de Lionel Messi.


Uma das novidades na escalação do Brasil, Everton teve atuação decisiva na goleada. O atacante do Grêmio fez a jogada que resultou no escanteio do gol de Casemiro, que abriu o placar, e fez o terceiro, um golaço, para confirmar a vitória goleada ainda no primeiro tempo. O segundo gol foi marcado por Roberto Firmino após falha do goleiro Gallese. Na etapa final, Daniel Alves e Willian completaram a goleada.


Com Everton e Gabriel Jesus nos lugares de Richarlison e David Neres, o Brasil teve um ataque envolvente. A movimentação constante de Roberto Firimino abriu espaços para as entradas dos dois extremos, que bagunçaram a marcação peruano. A nota negativa da partida foi o cartão amarelo sofrido por Casemiro, que, suspenso, desfalcará a Seleção nas quartas de final.


Diferente dos jogos contra Bolívia e Venezuela em que jogou mal no primeiro tempo e foi vaiado ainda no intervalo, o Brasil iniciou em grande ritmo neste sábado. Logo aos 11 minutos, após escanteio batido por Philippe Coutinho, Casemiro aproveitou o bate e rebate e mandou para o gol.


O Peru não teve nem tempo de tentar uma reação e já levou o segundo. O goleiro Gallese se atrapalhou na tentativa de dar um balão, mas acertou Roberto Firmino. A bola ainda bateu na trave e voltou para o atacante brasileiro, que driblou o camisa 1 peruano para mandar para as redes, 2 a 0, aos 19.


O Brasil dominava o jogo e conseguia deixar o ataque do Peru completamente anulado. O atacante do Inter Paolo Guerrero só conseguiu uma finalização no primeiro tempo. E foi em bola parada. Ele bateu uma falta que passou por cima do gol de Alisson, aos 26.


Logo após a chance peruana, o Brasil fez o terceiro. Everton, que vinha incomodando a defesa peruana com muita velocidade, fez um golaço bem ao seu estilo. Aos 31, ele recebeu pelo lado esquerdo, cortou para dentro e soltou a bomba para vencer Gallese e marcar seu segundo gol na Copa América e deixar o placar em goleada ainda no primeiro tempo.


Mesmo goleando, o Brasil voltou para o segundo tempo com fome de gol. Everton seguiu em ritmo alto e criou logo duas chances. Em uma delas, caiu na área e o lance chegou a ser avaliado pelo VAR por possibilidade de pênalti, que acabou não sendo marcado.  


Se o quarto gol não saiu pela esquerda nas jogadas de Everton, ele veio pela direita. O lateral Daniel Alves tabelou com Firmino, apareceu como um atacante dentro da área e soltou a bomba para vencer Gallese e aumentar a goleada, aos 8.


Logo após o quarto gol, o técnico Ricardo Gareca sacou Paolo Guerrero para a entrada de Christofer Gonzáles. Tite também começou a fazer mudanças. Primeiro, Alexsandro ingressou na vaga de Filipe Luís. Depois, Allan entrou no lugar de Casemiro já como um teste para as quartas de final – outro volante do elenco, Fernandinho tem um problema de lesão e pode não estar à disposição para o jogo na Arena.  


O Brasil manteve o domínio e conseguiu chegar ao quinto gol com Willian, que entrou no lugar de Coutinho. Aos 44, o meia do Chelsea, que usa a camisa 10 que era de Neymar, acertou um lindo chute de fora da área. Gabriel Jesus ainda teve a chance do sexto em pênalti cometido por Gallese, mas acabou desperdiçando. O placar estava definido mesmo em 5 a 0, o que garantiu a Seleção Brasileira como primeira colocada do Grupo A.  O Peru, em terceiro, terá de esperar o encerramento da primeira fase para saber se avançará para as quartas de final.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer