Publicidades

12/07/2020 | 12:00 | Geral

Com novas pancadas de chuva, rios voltam a entrar em elevação no RS

Bacias hidrográficas seguem em alerta devido à previsão de grandes acumulados

Em Encantado, água chegou perto do telhado das residências na última semana. Rio Taquari voltou a entrar em elevação - Lauro Alves / Agencia RBS


Depois de uma semana em que o Rio Grande do Sul registrou um ciclone extratropical, com chuva forte em diferentes regiões, o fim de semana voltou a ser de pancadas de chuva em diferentes pontos. Com o acumulado das últimas horas, rios monitorados pela Sala de Situação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) voltaram a entrar em elevação.


O relatório finalizado às 8h deste domingo (12) aponta que córregos, arroios e rios de menor ordem hidrológica estão novamente com o nível subindo. Nas estações monitoradas, a elevação mais significativa foi registrada no Rio das Antas, na estação Linha José Júlio, e deve se refletir no Rio Taquari, que já apresentou pequena elevação na estação Muçum e deve seguir subindo ao longo do dia.


Os Rios Caí (estação Barca do Caí) e Gravataí (estação Passo das Canoas) também apresentaram pequena elevação nas últimas horas, e devem seguir em um crescente ao longo do dia. O Rio do Sinos segue em elevação em São Leopoldo e praticamente estável em Campo Bom – neste último ponto, porém, o nível deve subir nas próximas horas.


Já os níveis no Delta do Jacuí e do Guaíba apresentaram um pequeno declínio nas últimas horas. A situação, no entanto, ainda é de alerta, já que recebem águas do Jacuí, Taquari, Pardo, Caí, Sinos e Gravataí – todos com vazões bem acima do normal devido às cheias.


Segundo o relatório, a bacia do Ijuí foi a que recebeu os maiores volumes de água nas últimas 24 horas: de 20mm a 90mm. Os principais rios nesta bacia seguem em elevação em praticamente todas as estações monitoradas. Já o Rio Uruguai já está baixando em São Borja, mas segue subindo em Uruguaiana e em Itaqui.


A Sala de Situação da Sema mantém a condição de alerta indicada para as bacias Ijuí, Pardo, Taquari-Antas, Caí, Sinos, Gravataí, Baixo Jacuí, Lago Guaíba e para o rio Uruguai, sobretudo no médio e baixo Uruguai.


Informações detalhadas por locais (medição das 8h)


Rio Uruguai (na estação Passo São Borja): 9,48m (o normal é 2,5m; a Cota de Alerta é 8m). Neste ponto e demais estações a montante já se encontra em declínio.


Rio Uruguai (estação Uruguaiana): 7,55m, em elevação (o normal é 3m; a Cota de Alerta é 7,5m). Também deve seguir em elevação em função da onda de cheia vinda de São Borja.


Rio das Antas (estação Linha José Júlio): 10,83m (o normal é 2m). Em elevação por conta da chuva das últimas horas.


Rio Taquari (estação Muçum): 6,39m, em elevação (o normal é 2m).


Rio Taquari (estação Estrela): 14,02m (o normal é 12,5m). Estável, porém deve entrar em elevação novamente em função da chuva das últimas horas.


Rio Caí (estação Barca do Caí): 7,85m (o normal é 2,0m). Em elevação novamente em função da chuva das últimas horas.


Rio Caí (estação Montenegro): 5,78 m (o normal é 1,5m). Em declínio, porém deve entrar em elevação novamente em função da chuva das últimas horas.


Rio dos Sinos (estação Campo Bom): 7,10m (o normal é 2m). Em declínio, mas pode apresentar elevação em função da chuva das últimas horas.


Rio dos Sinos (São Leopoldo): 5,15m (o normal é 2m). Segue em elevação.


Rio Gravataí (estação Passo das Canoas): 4,94m (o normal é 2m). Em elevação em função da chuva das últimas horas.


Rio Ijuí (estação PCH RS-155 Jusante): 5,73 m (o normal é 1,5m). Em elevação em função da chuva das últimas horas.


Rio Ijuí (estação UHE São José Montante): 6,98 (o normal é 2m). Segue em elevação.


Guaíba (estação Caís Mauá): na medição das 8h, nível estava em 2,43 m (o normal é 1,2m). Às 9h30, já marcava 2,39m. Apresentou breve declínio nas últimas horas, mas situação requer cautela em função das altas vazões vindas do Região Hidrográfica do Guaíba.


Rio Jacuí (estação UHE Dona Francisca Jusante): 4,06m (o normal é 3m). Praticamente estável neste ponto – em demais pontos a jusante, como em Cachoeira do Sul, Eldorado do Sul e Triunfo, apresenta um lento declínio.


Rio Jacuí (estação Passo São Lourenço): 5,75m (o normal é 3,5m). Em declínio.

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer