Publicidades

08/08/2020 | 16:30 | Polícia

Preso homem suspeito de manter família em cárcere privado por dois meses em Porto Xavier

Câmeras de monitoramento eram utilizadas para vigiar a mulher e dois filhos. Homem foi preso em flagrante

Homem mantinha mulher e dois filhos em cárcere privado por pelo menos dois meses ? Divulgação / Polícia Civil


A Polícia Civil de Porto Xavier, na Região Noroeste do estado, prendeu um homem de 50 anos suspeito de manter a família em cárcere privado, na manhã deste sábado (8).


Segundo a polícia, ele mantinha a mulher, de 39 anos e duas crianças, um menino de cinco e uma menina de 12, trancados em casa e com racionamento de comida há pelo menos dois meses. O casal tinha um relacionamento de cinco anos.


De acordo com as investigações, o homem teria clonado o whatsapp da mulher e não deixava ela sair de casa, nem falar com familiares. Quando o suspeito precisava sair, vigiava a família por câmeras de monitoramento instaladas na casa.


O delegado responsável pelo caso, Heleno dos Santos, explica que a menina de 12 anos é filha do primeiro casamento da mulher e recebe pensão do pai, morador de outro município. O suspeito se apropriava do dinheiro e usava para comprar drogas.


A companheira teria sido agredida física e verbalmente durante os dois meses em que permaneceu na casa. A polícia acredita que o motivo do cárcere tenha sido o medo do homem de perder a pensão e o ciúme da companheira.


A mulher e os filhos foram levados ao encontro de familiares.


O homem foi autuado em flagrante pelo crime de cárcere privado e encaminhado ao presídio de Santo Cristo. O pedido de prisão preventiva foi solicitado.


O delegado acredita que o suspeito não deve ser solto por ter histórico de ocorrências por lesão corporal, ameaça e tentativa de estupro. Se for concedida liberdade, serão aplicadas medidas protetivas para a família.

Fonte: G1

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer