Publicidades

01/03/2021 | 22:15 | Esporte

Com gol de Guilherme Pato, Inter vence o Juventude pelo Gauchão

Colorado usou equipe formada por jovens e garantiu o resultado no primeiro tempo

Marco Favero / Agencia RBS

A estreia do Inter no Gauchão, quatro dias após o término do Brasileirão, foi com vitória. Na noite desta segunda-feira (1º), no Beira-Rio, o time de garotos comandado pelo técnico Fábio Matias bateu o Juventude por 1 a 0, com gol de Guilherme Pato, marcado no primeiro tempo. O goleiro Daniel foi destaque ao fazer duas grandes defesas para manter a vantagem na etapa final, quando a equipe da Serra foi superior.


Ainda com o time de jovens enquanto os titulares na campanha do vice do Campeonato Brasileiro estão de férias, o Inter voltará a campo na quinta-feira, às 20h, para enfrentar o Pelotas, na Boca do Lobo, pela segunda rodada. 

 

A equipe de Fábio Matias contou com alguns nomes que atuaram na campanha do Brasileirão, casos do volante Johnny, do zagueiro Pedro Henrique e dos laterais Lucas Mazetti e Léo Borges.  E o time  apresentou uma desenvoltura até surpreendente diante de um adversário que obteve o acesso para a Série A. O Colorado mostrou qualidade para trabalhar a bola. Quando não tinha a posse, pressionava para forçar o Juventude ao erro.

 

Foram quase 20 minutos de grande superioridade colorada. A primeira chance de gol aconteceu aos seis, quando Guilherme Pato cruzou fechado e, por pouco, Nícolas não alcançou a bola na tentativa de carrinho. 

 

Logo depois, aos 13, a pressão alta deu resultado. O Inter obrigou o Juventude a sair com chutão, e Pedro Henrique conseguiu a interceptação. A bola caiu para Johnny, que encontrou o passe para Guilherme Pato. O atacante colorado ganhou de Eltinho e bateu cruzado para vencer o goleiro Marcelo Carné e abrir o placar no Beira-Rio: 1 a 0.

 

O Inter ainda teve chance de ampliar logo depois. Lucas Ramos sofreu a falta na intermediária. Ele mesmo bateu forte e Carné pulou no canto para fazer a defesa.

 

O Juventude assustou aos 19, quando Matheuzinho chegou a mandar para o fundo das redes, mas o gol foi anulado por impedimento. O lance pareceu acordar o time da Serra, que começou a tomar o controle da partida.

 

Usando muito as subidas dos laterais, o Juventude foi empurrando o Inter para o seu campo. Daniel precisou trabalhar duas vezes, nenhuma delas com grande dificuldade. A chance mais perigosa dos caxienses na etapa inicial caiu nos pés do lateral Eltinho, que apanhou um rebote na entrada da área e chutou forte à esquerda do gol colorado.

 

Os dois times voltaram com mudanças para o segundo tempo. No Inter, o colombiano Amaya entrou no lugar de Nicolas. O Juventude voltou com o experiente Renan Bressan na vaga de Bochecha. Amaya mostrou suas credenciais cedo. Aos 7, ele pegou a sobra na área e soltou a bomba de pé esquerdo para defesa de Marcelo Carné. O Juventude respondeu também com sua novidade. Renan Bressan recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou colocado, mas Daniel pegou firme. 

 

Os visitantes chegaram com ainda mais perigo aos 15 e só não marcaram graças a Daniel. Após jogada pela esquerda, Matheuzinho apareceu livre na área e cabeceou à queima-roupa, mas o goleiro colorado mostrou reflexo para defender a primeira bola e também o rebote mantendo o Inter em vantagem.

 

O peso de jogar contra um adversário experiente foi sentido pela garotada colorada no segundo tempo, o que é normal pela diferença física do enfrentamento. Fábio Matias então começou a mexer na tentativa de recuperar sua equipe. Aos 26, Matheus Cadorini e Igor entraram nos lugares de Vinícius Mello e Lucas Mazetti. Aos 34, o zagueiro colorado Pedro Henrique e o volante do Juventude Yago se chocaram de cabeça e ambos foram substituídos. 

 

Tiago Barbosa entrou na zaga colorada com a missão de ajudar a segurar a pressão do Juventude. O time da Serra insistiu, mas não conseguiu superar a marcação do Inter, que confirmou a estreia com vitória no Gauchão.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades