Publicidades

08/03/2021 | 22:34 | Esporte

Com um jogador a mais e gol contra, Inter perde para o São Luiz

Time de jovens do Colorado contou com reforços do elenco profissional no Beira-Rio

Jefferson Botega / Agencia RBS

No terceiro jogo da gurizada colorada, a primeira derrota. No Beira-Rio, o Inter saiu atrás do São Luiz, buscou um empate e por conta de um gol contra bizarro, levou 2 a 1 na terceira rodada do Gauchão.

 

De olho nos planos de Miguel Ángel Ramírez, o técnico Fábio Matias apresentou uma escalação extremamente ofensiva entre a gurizada. Com os reforços de Maurício, João Peglow e Yuri Alberto, além de Heitor, que já havia jogado na rodada anterior, o treinador recuou Johnny para a primeira função e manteve Lucas Ramos no meio, somado a Maurício. Na frente, Guilherme Pato ficou no trio com Peglow e Yuri. Um 4-3-3 clássico, cheio de jogadores móveis. No São Luiz, Paulo Henrique Marques repetiu a equipe que venceu o Juventude, deixando Gustavo Xuxa na função central do meio-campo, abrindo Ariel e Juba.


A partida começou morna, com marcação severa de parte a parte. O São Luiz baixou sua linha de defesa, até para não precisar correr tanto atrás de um time bem mais jovem, enquanto o Inter ainda buscava um entrosamento praticamente inexistente, já que os atletas realizaram poucos treinos. Assim, os erros de passe eram evidentes e impediam progressão. 


Conclusões, apenas a partir de bolas paradas, no caso colorado, ou de contra-ataques, pelo time ijuiense. Em um desses contragolpes, Hugo Almeida acionou Juba pela direita, mas sua conclusão foi mal feita. Ariel também tentou, mas chutou nas mãos de Daniel. Em um erro de Pedro Henrique, Ariel roubou a bola, mas o goleiro colorado estava atento para evitar a chegada. Pelo Inter, Lucas Ramos desperdiçou um chute da entrada da área arrematando por cima do travessão. 

 

Com a partida disputada entre as intermediárias, a lógica que se mostrava acabou invertida. Aos 38 minutos, em uma falta cobrada para a área, a defesa marcou mal, Daniel saiu atrasado e Hugo Almeida, de cabeça, abriu o placar.

 

Pouco depois, o primeiro chute na direção do gol. Peglow fez boa jogada pela esquerda, conduziu para o meio e entregou para Maurício chutar. A bola desviou na marcação e Renan Rocha defendeu em dois tempos, evitando o empate antes do intervalo.


As duas equipes voltaram modificadas do vestiário. No Inter, saiu Maurício e entrou Lucas Vital, o que fez Johnny ser adiantado, saindo da primeira função do meio. No São Luiz, Germano foi chamado para o lugar de Gustavo Xuxa.

 

A equipe da casa começou mais ofensiva, tentando aumentar a velocidade. Yuri Alberto fez boa jogada pelo meio, foi desarmado, conseguiu recuperar e deu a Peglow, que foi travado na hora de concluir. Pouco depois, o centroavante chegou centímetros atrasado em cruzamento de Heitor. 

 

O Inter teve boa chance aos 10. Em falta cobrada por Lucas Ramos pela direita, o goleiro saiu atrasado e Johnny, ainda pressionado, cabeceou para fora.
O São Luiz, bem mais recuado, tentava em contra-ataques. E teve em um escanteio uma boa chance. Depois de uma cobrança curta, Germano recebeu na área, de costas, girou e bateu, na rede por fora.

 

Na chegada seguinte colorada, a bola finalmente se apresentou a Yuri Alberto. Começou pelo lado direito, com Heitor avançando e cruzou. O zagueiro Jadson deu uma leve desviada e tirou seu colega da bola, que caiu no pé do centroavante. Com calma, ele apenas tiru o goleiro da jogada e deixou tudo igual.

 

Dois minutos mais tarde, o centroavante quase marcou outro, no oportunismo e na dedicação. Renan Rocha demorou para decidir o que fazer com a bola e, quando foi dar o balão, acertou o centroavante. 


Na sequência, o centroavante também participou de outra grande oportunidade. O São Luiz foi ao ataque e Pedro Henrique evitou a conclusão de Hugo Almeida. No rebote, Pato deu um chapeuzinho em Gabriel Araújo e partiu para o ataque. Serviu Yuri Alberto já no espaço, arrancando em velocidade. Passou por um dos zagueiros e deu o gol de bandeja para Peglow. Mas o guri se precipitou e bateu de primeira para fora. 

 

O Inter subiu a pressão, encaixotou o São Luiz, que tentava um contra-ataque para ganhar o jogo. E ele veio. Aos 37, Hugo Almeida achou Ariel em velocidade pela esquerda. O atacante avançou sozinho, entrou na área e bateu. Daniel fez grande defesa.

 

Nos minutos finais, o São Luiz ficou com um a menos. Jadson precisou cometer falta em Vinícius Mello, que recém havia ingressado na vaga de Yuri Alberto. Como o centroavante entrava na área sozinho, levou cartão vermelho.

 

Apesar da superioridade numérica, o Inter ainda conseguiu perder o jogo. Aos 50 minutos, João Marcus cruzou da direita e Tiago Barbosa, que havia entrado segundos antes, fez gol contra. Mérito para o São Luiz, que volta a Ijuí com seis pontos em dois jogos como visitante contra times da Série A.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades