Publicidades

12/04/2021 | 11:28 | Geral

Prazo para entrega do Imposto de Renda é prorrogado para 31 de maio

Em paralelo, o Senado aprovou projeto para ampliação até julho, mas governo federal é contrário

Prazo de entrega do Imposto de Renda 2021 foi prorrogado para 31 de maio de 2021- Jonatan Sarmento / Agencia RBS

O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2021 foi prorrogado para 31 de maio. Ele começou em 1º de março e terminaria no dia 30 de abril. A instrução normativa da Receita Federal está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (12). Conforme o texto, o pagamento da primeira cota pelo contribuinte também poderá ser feito até a nova data. 


O alerta foi enviado à coluna pelo presidente do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis do Rio Grande do Sul (Sescon-RS), Célio Levandovski. Segundo ele, a Receita Federal tem prerrogativa para ampliar os prazos. 

 

Em 2020, devido à pandemia, a Receita Federal já havia ampliado o prazo em 60 dias. Na ocasião, a medida também foi adotada por instrução normativa do órgão, como a que foi publicada agora. Como a pandemia continua - e até piorou -, crescia a pressão para um novo aumento no tempo para envio da declaração. 

 

"As prorrogações foram promovidas como forma de suavizar as dificuldades impostas pela pandemia do Coronavírus (Covid-19). A medida visa proteger a sociedade, evitando que sejam formadas aglomerações nas unidades de atendimento e demais estabelecimentos procurados pelos cidadãos para obter documentos ou ajuda profissional. Assim, a Receita Federal contribui com os esforços do Governo Federal na manutenção do distanciamento social e diminuição da propagação da doença.", diz a Receita Federal.  


Em paralelo, um projeto para ampliação até 31 de julho foi aprovado no Senado. O governo federal, no entanto, é contrário e tende a vetar a proposta. 

 

O cronograma de restituições do IR 2021 não teve alteração na instrução normativa. Conforme divulgado anteriormente pela Receita Federal, a devolução do valor aos contribuintes segue o seguinte calendário:

 

1º lote: 31 de maio
2º lote: 30 de junho
3º lote: 30 de julho
4º lote: 31 de agosto
5º lote: 30 de setembro

 

Colunista Giane Guerra (giane.guerra@rdgaucha.com.br)
Colaborou Daniel Giussani (daniel.giussani@zerohora.com.br)

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades