Publicidades

06/05/2021 | 05:55 | Polícia

Justiça decreta prisão preventiva de homem que matou cinco pessoas em creche de Saudades

Fabiano Kipper Mai, 18 anos, está internado em um hospital da região

Jovem atacou as crianças, uma professora e uma agente educacional com um facão de cerca de 80 centímetros - Jornal A Sua Voz / Divulgação

A Justiça de Santa Catarina determinou na tarde desta quarta-feira (5) a prisão preventiva de Fabiano Kipper Mai, 18 anos, responsável pela morte de três bebês e duas professoras no ataque a Escola Municipal Pró-Infância Aquarela, em Saudades, no oeste do Estado. O crime aconteceu na manhã de terça-feira (4), quando o homem foi preso em flagrante e, devido a ferimentos por tentar se matar após o ataque, foi encaminhado a um hospital da região. 


O boletim médico de Kipper informa que ele não corre risco de vida, está estável, mas não tem previsão de sair do hospital. Após receber alta, irá prestar depoimento à Polícia Civil e será levado para cadeia.  

 

— A conversão da prisão em flagrante para preventiva é importante porque temos mais elementos para que ele não seja posto em liberdade provisória — afirma o delegado Nilson Casagrande.  


Além de solicitar a prisão preventiva, o promotor Douglas Dellazari, que acompanha o caso, havia pedido a quebra do sigilo do computador de Kipper, que também foi autorizada. 

 

Kipper matou a facadas três bebês – Sarah Luiza Mahle Sehn, um ano e sete meses, Anna Bela Fernandes de Barros, um ano e oito meses, Murilo Massing, um ano e nove meses – e duas professoras – Mirla Amanda Renner Costa, 20 anos, e Keli Adriane Aniecevski, 30.  As vítimas foram veladas em velório coletivo no ginásio municipal e sepultadas no cemitério de Saudades na manhã desta quarta-feira (5). 

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades