Publicidades

23/06/2022 | 08:34 | Geral

Sobe para mais de mil o número de casas atingidas por granizo em Vacaria e autoridades avaliam decreto de emergência

Lonas foram distribuídas e ninguém ficou desabrigado ou ferido

Chuva de pedras de gelo começou por volta das 21h em Vacaria e danificou cerca de mil casas - Claudio Lima / Divulgação

Uma forte queda de granizo atingiu os municípios da Serra e Campos de Cima da Serra por volta das 21h dessa quarta-feira (22). O mais prejudicado deles, Vacaria realiza um balanço às 10h desta quinta-feira (23) para avaliar os estragos que, de acordo com a Defesa Civil municipal, ultrapassam mil casas danificadas pela tempestade.

A reunião, com a Administração Municipal, Corpo de Bombeiros e Emater irá decidir se os estragos embasam um decreto de emergência no município. De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Claudio Lima, os danos foram bem espalhados pelo município, mas os bairros mais atingidos são Barcelos, Imperial, Municipal, Santa Cruz, Santa Terezinha e Seminário. Ainda que centenas de residências tenham sido atingidas, nenhuma família precisou ser retirada de casa e não há registro de feridos.

O trabalho conjunto entre bombeiros, Secretaria de Obras e voluntários mobilizados foi realizado até as 3h e ao amanhecer ainda com chuva prejudicou o levantamento dos estragos, que seguirá sendo feito pela manhã. 

— Não temos desabrigados, não temos feridos. O susto foi grande. Temos que agradecer as lojas que abriram à noite pra pegar lonas para distribuição. Não conseguimos estimar quantas lonas foram entregues mas foi uma quantidade bem grande. Essa perda ainda não foi repassada, agora de manhã temos reunião, vamos definir ações para fazer levantamento e torcer para que a chuva dê uma trégua. Agricultura ainda não repassou danos, mas provavelmente pegou alguma área — declarou Lima. 

A cidade também registrou alagamentos por causa do grande volume de chuva, nas ruas centrais e alguns bairros. 

— Não temos levantamento de todos os pontos. Tivemos volume enorme de chuvas, foi impressionante, mas agora está tudo controlado — relata.

A reunião desta manhã também servirá para verificar se a prefeitura terá condições de atender a demanda de telhas para as moradias danificadas. Quem puder ajudar com doação de roupas de inverno e cobertores em bom estado, pode levar na sede da Defesa Civil do município ou na Secretaria de Assistência Social, que destinarão às famílias atingidas.

Em outras cidades da região 

Em outros municípios da Serra, há o registro de quedas de árvores. Como em Garibaldi, onde a RGE realiza a retirada de galhos que caíram em cima da rede de alta tensão, no bairro Tamandaré. Em Farroupilha foram registradas duas quedas de árvore na RS- 122 e no interior, na Linha Ely. Em Bento Gonçalves a chuva derrubou uma árvore na localidade de São Pedro, no Caminhos de Pedra, e em Gramado, galhos caídos foram retirados dos bairros Planalto e Piratini.

 Em Caxias do Sul, não houve ocorrência durante a madrugada. Na noite de quarta, bombeiros realizaram um corte de árvore e entregaram lona em uma casa atingida pelo granizo. Ambas no bairro Serrano.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades