Publicidades

27/07/2021 | 05:21 | Política | Três de Maio

Presidente da Assembleia visita Três de Maio durante o recesso parlamentar

Paulo Marques Notícias

O deputado Gabriel Souza (MDB) está aproveitando o recesso parlamentar para fazer um roteiro pelo interior do Rio Grande do Sul, conversando com líderes empresariais, políticos e comunitários. Gabriel iniciou a agenda de visitas na quarta-feira passada (21/07) e deve encerrá-la nesta quarta (28/07), percorrendo mais de 2 mil quilômetros, com paradas em 30 municípios de cinco diferentes regiões. 

Nesta segunda-feira (26/07) Souza visitou Três de Maio. Logo cedo, concedeu entrevista no estúdio da Rádio Colonial e depois se reuniu com a direção do Hospital São Vicente de Paulo.

O presidente da Assembleia destacou a importância das reformas que estão permitindo ao Estado equilibrar as combalidas finanças:

- O governo voltou a pagar os salários em dia e a fazer investimentos em infraestrutura rodoviária graças às privatizações.

Questionado sobre a privatização da Corsan, Gabriel Souza disse que o tema será retomado no Parlamento em agosto. Conforme o parlamentar, serão feitas reuniões com os prefeitos dos quatro blocos que serão criados com a regionalização do saneamento. O bloco majoritário, abrangendo 307 municípios, engloba toda as cidades atendidas pela Corsan, enquanto os demais compreendem as prefeituras que não mantêm contrato com a estatal.

Sobre a possibilidade de ser o candidato do MDB ao governo do Estado, Souza disse que defende acima de tudo a continuidade do programa de governo iniciado pelo ex-governador José Ivo Sartori, baseado no equilíbrio das contas públicas e na redução do tamanho do Estado, e que, na opinião dele, está tendo seguimento no governo Eduardo Leite

 - Tenho procurado mostrar a importância da continuidade. O governador de Eduardo Leite deu andamento às reformas iniciadas no nosso governo, pelo Sartori (José Ivo) e acabou com aquele zigue-zague político. Com as privatizações, o Estado finalmente volta a investir.

Souza acredita na possibilidade de uma aliança MDB-PSDB na sucessão de Leite.

Fonte: Rádio Colonial

Mais notícias desta categoria

Publicidades